Auxílio emergencial será liberado até final de Maio no Rio

A secretaria estadual de Desenvolvimento Social divulgou que até o final de Maio o Programa Supera Rio será implementado no estado.

O programa prevê uma linha de crédito de até R$ 50 mil para microempreendedores e autônomos e também um auxílio emergencial de até R$ 300 para a população fluminense é de autoria do presidente da Alerj, o deputado André Ceciliano, com mais 53 coautores, e foi aprovado pela Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro em março.

Desigualdade na pandemia

Para o diretor de Relações Interinstitucionais da Fiocruz, Valcler Rangel, a pandemia tornou a desigualdade social mais latente no estado. “Em um ano os mais ricos conseguiram ficar mais ricos com a pandemia, e os mais pobres, ainda mais pobres. Não há saída se não enfrentarmos todas as questões que permeiam essa doença e não só o vírus”, frisou Rangel.

Segundo dados da faculdade de Oxford, os pobres vão demorar quatorze vezes mais para recuperar o que tinham antes da pandemia do que os ricos. No Brasil, o Rio de Janeiro atualmente está em quarto lugar no índice de desemprego com 17,4% de sua população desempregada.

As informações foram divulgadas pelo secretário e os participantes da reunião durante audiência pública da Comissão Especial de Enfrentamento à Miséria, nesta sexta-feira (07/05).

Portal C3 | Comunicação de interesse público | ComCausa

Adriano Dias

Jornalista militante e fundador da #ComCausa