Chacina na Baixada pode ser ação de milícia

As nove vítimas assassinadas esta semana ainda não tiveram identificação oficial divulgada pela Polícia, entretanto, apesar de serem encontradas em locais diferentes, existe a possibilidade de ser uma ação de milicianos que atual na região. Entre os mortos há oito homens e uma mulher. Familiares de duas vítimas estiveram no Instituto Médico Legal de Nova Iguaçu para reconhecer os corpos.

A polícia recebeu a denuncia dos corpos que foram encontrados na Estrada da Limeira, no Bairro Jaceruba; na Estrada das Paineiras, e na Estrada de Adrianópolis, Zona Rural em Nova Iguaçu. Além Vila Carlos Sampaio, em Queimados.

Os corpos foram localizados por policiais do 20º BPM (Mesquita) e a Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) foi acionada e realizaram perícia no local. Várias cápsulas de munição já deflagrada foram encontradas no local.

A polícia civil divulgou que as vítimas são moradoras e frequentadoras do Morro São Simão, em Queimados, comunidade dominada pela facção Comando Vermelho.

Das duas famílias que foram ao IML, o identificaram como Caio. O outro jovem morto, foi identificada pela família como Mateus, tinha completado 18 anos este mês. Ele seria morador da Penha.

| Adriano Dias – fundador da ComCausa.

Comunicando ComCausa

Ponto de Cultura e Mídia Livre ComCausa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.