ComCausa debate Lei de Prevenção a Alienação Parental na Anhanguera

Em mais um ‘Circuito de Debates pela Cultura de Direitos’, desta vez com o o tema Alienação Parental e Síndrome da Alienação, a ComCausa esteve mais uma vez na Faculdade Anhanguera em Piedade.O encontro é resultado de uma parceria com a coordenação através da professora e assistente social Elaine Medeiros.

“É muito importante estabelecer parcerias com universidade, pois trabalhar na formação do aluno antes do exercício da profissão, é a melhor atuação que a instituição poderia ter. Assim, evitar escolhas equivocada dos profissionais que irão trabalhar diretamente com as famílias”. Afirma a cientista social da ComCausa, Fernanda Torres.

Na ocasião, o jornalista e fundador da instituição trouxe a Lei Estadual 7.706 de outubro deste ano para a sala de aula. De acordo com o texto da lei, que é de autoria do deputado André Ceciliano, haverá a capacitação dos funcionários do Estado – da área de assistência social, educação, psicologia, saúde, segurança pública e do poder judiciário -, será veiculada em emissoras de rádio, televisão, revistas e jornais, uma campanha de esclarecimento sobre a prática da alienação parental e o dano que pode provocar em crianças e adolescentes.

A ComCausa desde o inicio de outubro vem se articulando para implantar de maneira solidária um curso de libras em Nova Iguaçu. Na ocasião, foi discutido também com o coordenador da faculdade Anhanguera, Marcos Vinicius, a implantação no polo em Nova Iguaçu. Além disso, cogitou-se a possibilidade de, além do curso de libras, implementar o curso de Braille.

|Adriano Dias – fundador da ComCausa.

Comunicando ComCausa

Ponto de Cultura e Mídia Livre ComCausa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.