Dez anos de StudioB

A cultura rock sempre teve uma grande influenciar na Baixada Fluminense. Ainda na década de 1980, espaços como vídeo Bar Calypso, em Nova Iguaçu, e o Caverna I, em São João de Meriti – até onde se têm registros -, foram os primeiro locais a dar a devida atenção e ajudaram a formar corações e mentes.

Posteriormente, a Hillos´s Rock, em Nova Iguaçu; o Canil Pub, o bar da Sônia e a Passarela do Rock, em Mesquita – no decorrer da década de 1990, início dos anos 2000 -, ajudaram a proliferar a cultura que se multiplicou em centenas de lugares, eventos e festas para quem gostava de todas as vertentes do rock, em praticamente todas as cidades da Baixada Fluminense.

Paulo Roberto, conhecido como Paulinho, e seu irmão Carlos “Guto Golf” Augusto são oriundos desta época. De admiradores do estilo musical, houve a vontade de promover a cultura rock o que culminou na abertura da Rádio BFluminense FM, no final da década de 2000. Não esquecendo nesta iniciativa a ajuda de várias pessoas que também ajudaram, entre elas Charles Alves Buss, da Distorção 68.

Entretanto, como todo fã que acredita que os show de rock são verdadeiras celebrações, a vontade de realizar eventos, mais ainda, ter um lugar de referência para acolher as bandas resultou na abertura do StudioB em junho de 2010.

“Era um lugar improvável por estarmos em um barro periférico (bairro da Posse, em Nova Iguaçu, ao lado da via Dutra), mas com o tempo a galera foi consolidando o lugar”, diz Guto Golf em um bate papo com a ComCausa gravado há alguns meses – veja o vídeo abaixo . Guto acredita que mais de mil bandas já se apresentaram pelo palco do StudioB.

Pandemia e recomeço

Devido as restrições impostas pela pandemia do novo Coronavirus, o StudioB interrompeu suas atividades, mas aproveitou o momento para se renovar. “Acho que já é hora de sermos reconhecidos como um espaço cultural da Baixada, estamos reformando o espaço físico. Mas para além, vamos ampliar para receber outros iniciativas em parceria com a ComCausa e com o poder público”, diz Guto.

StudioB 2020
Obras no StudioB.

Entre os planos está transformar o StudioB em um local de produção de conteúdo. ” Terminando o afastamento social, vamos acolher iniciativas como cinema e rádio”, diz Paulinho, lembrando que  BFluminse, que particamente foi o ponta pé inicial do StudioB, e está agora como rádio web.

StudioB é locação de curta de Augusto Vasconcelos

O Studio B já se tornou palco de um curta metragem de terror trash produzido pelo diretor Augusto Vasconcelos O filme teve a participação do próprio Guto Golf, Chales Buss, além de amigos do espaço como Glaucio. Chamado “Paciente Zero”, foi lançado no Youtube em abril e pode ser conferido abaixo.

Acompanhe o StudioB no Facebook, Intagram e no hotsite wwwcomcausa.net/studiob

Adriano Dias

Jornalista militante e fundador da #ComCausa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.