Entidades e Câmara Federal entregam cestas e livros

Em meio a pandemia do novo Coronavirus, a Academia Brasileira de Letras (ABL), Câmara Federal uniram-se com uma ONG para distribuição de 4,5 mil livros e cestas básicas de alimentos não perecíveis à população.

Segundo o presidente da ABI, muitas comunidades que já receberam os livros sinalizaram que esse é o primeiro passo para a criação de bibliotecas. “Seguramente, quando a pandemia passar e nós tivermos maiores condições, vamos implementar até onde for possível, dentro dos limites, acho que abrimos uma porta”. disse. Ele espera que outras portas se abram em parcerias semelhantes, envolvendo cestas básicas, kits de limpeza e livros.

A ABL utilizou o protocolo firmado no Acordo de Cooperação com a Câmara dos Deputados, em 2019, para a realização de ações conjuntas de disseminação da cultura nacional e de valorização do livro e da leitura.

Os kits de livros doados trazem edições de obras como “Dom Casmurro”, de Machado de Assis; “Iracema”, de José de Alencar; “Macunaíma”, de Mário de Andrade; “Triste Fim de Policarpo Quaresma”, de Lima Barreto; “O cortiço”, de Aluísio Azevedo, entre outras publicações.

Também em parceria com a Câmara dos Deputados, a ABL distribuiu entre 3 mil e 4 mil livros para bibliotecas de mais de mil unidades prisionais do país.

Emanoelle Cavalcanti

Jornalista social e acadêmica de psicologia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.