Furto de energia em Clínica da Família em Queimados

Dias após a inauguração da Clínica da Família Valdisia Catarina Ribeiro Melo, em Queimados, na Baixada Fluminense, a Polícia Civil descobriu um furto de energia na unidade de saúde. Os policiais da Delegacia de Defesa dos Serviços Delegados (DDSD) foram ao local e detectaram a fraude. Um homem identificado como Roberto Carlos Lima Costa, que se apresentou como supervisor do local, foi preso em flagrante.

A clínica está funcionando para marcar consultas mesmo em fase final de obras e não havia medidor de energia no local.

Apesar de estar funcionando, clínica não tinha medidor de luz.

A Polícia Civil vai investigar de quem partiu a ordem para ligar a energia na unidade clandestinamente.

A prefeitura de Queimados, por sua vez, afirmou, também em nota, que o pedido para normalização da rede elétrica na Clínica da família já foi feito, mas a reabertura de protocolo foi negada pela Light. O municípo informou ainda que, como a prestadora do serviço (Light) não realizou a normalização, a inauguração da unidade, no último sábado, se deu por um gerador de energia. De acordo com a prefeitura, este gerador apresentou problemas e precisou ser desligado. Por fim, o município de Queimados disse repudiar qualquer ligação clandestina e informou que irá abrir uma sindicância para apurar os responsáveis.

Emanoelle Cavalcanti

Jornalista social e acadêmica de psicologia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.