Hospital Modular de Nova Iguaçu é inaugurado

O governo do Rio de Janeiro inaugurou neste sábado o Hospital Modular de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense.

Prometida para o início da pandemia, a inauguração foi adiada diversas vezes. Apesar do atraso, o governador em exercício, Cláudio Castro, destacou que a obra, de alta complexidade, foi concluída em menos de um ano. a unidade foi aberta com 150 leitos, metade da capacidade instalada. Já ao longo do dia, o hospital recebeu os primeiros pacientes diagnosticados com covid-19. As transferências são feitas de forma gradual para os 60 leitos de UTI e 90 de enfermaria, abertos nessa primeira fase.

A unidade chega para aliviar a sobrecarga nos demais hospitais da região. No estado do Rio de Janeiro, a última edição do Mapa de Risco da Covid-19 mostra que cinco das nove regiões estão classificadas com a bandeira roxa, o que indica risco muito alto de disseminação da doença. A ocupação de leitos de UTI alcançou os 90%. Para os leitos de enfermaria, a taxa ultrapassou os 80%.

A Secretaria Estadual de Saúde informou que, depois da pandemia, as vagas no Hospital Modular de Nova Iguaçu passarão a ser usadas como leitos de retaguarda para o atendimento na Baixada Fluminense.

Portal C3 | Comunicação de interesse público | ComCausa

Emanoelle Cavalcanti

Jornalista social e acadêmica de psicologia.