Os riscos do tabagismo em casos de Covid-19

O Dia Nacional de Combate ao Fumo, comemorado em 29 de agosto, tem como objetivo reforçar as ações nacionais de sensibilização e mobilização da população para os danos sociais, políticos, econômicos e ambientais causados pelo tabaco.

Em 2020, a data destaca a relação entre tabagismo e coronavírus (Covid-19). Isso porque o tabagismo — também considerado uma pandemia pela Organização Mundial da Saúde (OMS) — tem papel de destaque no agravamento da pandemia de Covid-19, já que é fator de risco para transmissão do vírus e para o desenvolvimento de formas mais graves da doença.

Todos os anos, a Secretaria Municipal de Saúde e Defesa Civil promove uma ação especial, através do Programa de Tabagismo, visando informar e conscientizar a população sobre os malefícios do fumo e do tabagismo. Este ano, em função da pandemia de Covid-19, não haverá um evento presencial para marcar a data no município.

A Secretaria Municipal de Saúde e Defesa e Defesa Civil, através do Departamento de Vigilância em Saúde, informa que prossegue com os serviços do Programa de Tabagismo nas unidades de saúde habilitadas, mesmo que de forma reduzida, e respeitando as normas de segurança determinadas pelo Ministério da Saúde.

Os interessados em fazer parte do Programa de Tabagismo no município de Duque de Caxias, devem se cadastrar em uma das unidades de saúde indicadas abaixo:

  • CMSDC – Centro Municipal de Saúde de Duque de Caxias (Rua General Gurjão, s/nº – Centro)
  • CAPS AD – Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (Rua Nilo Vieira, nº 353 – Centro)
  • Hospital Municipal Duque (Rua Manoel Lucas, s/nº – Parque Senhor do Bonfim)
  • UPH Parque Equitativa (Av. Automóvel, s/nº)
  • UPH Imbariê (Rua Santa Catarina, s/nº)
  • UPH Saracuruna (Av. Presidente Roosevelt, s/nº)
  • UPH Pilar (Rua Carlos Alvear, s/nº)
  • UPH Xerém (Rua Nóbrega Ribeiro, s/nº)
  • UPH Campos Elíseos (Av. Actura, nº 333)
  • UBS Doutor José de Freitas (Rua Joaquim Tenório, s/nº – Vila Operária
  • ESF Jardim Anhangá (Rua Pacoti, nº 20)

E lembre-se: o tabagismo é fator de risco para a Covid-19. Devido a um possível comprometimento da capacidade pulmonar, o fumante possui mais chances de desenvolver sintomas graves da doença. Parar de fumar pode reduzir risco de desenvolver a forma mais severa da Covid-19.

Emanoelle Cavalcanti

Jornalista social e acadêmica de psicologia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.