Queimados tem representante no MMA

Os ringues de MMA que se preparem: Luiz Cesar da Silva Junior, ou melhor, o Junior Luiz, está no ponto para vencer o combate Shooto Brasil, considerado o maior evento da América Latina, no dia 21 de agosto, na Arena Upper, no Rio de Janeiro. Lutador de Kickboxing e morador da cidade de Queimados, na Baixada Fluminense, ele não teme desafios e avisa:

Junior Luiz começou menino nos tatames. “Meus primeiros golpes eu aprendi com o mestre Coruja. Ele me ensinou muito, como se fosse um segundo pai. Infelizmente, não está mais entre nós. Mas o carregarei sempre em tudo que eu fizer”, afirma. O lutador está há seis anos na equipe Refit Pro Fight, também conhecida como Rizzorvt/LB. Durante o período aproveitou para se dedicar ao MMA. “Tenho como mentor um dos maiores pesos-pesados da história, o ex-campeão do UFC Pedro Rizzo e também o ex-treinador da seleção olímpica de wresting, Laerte Barcelos”, destaca.

Fazer história

Determinado em seus projetos, Junior Luiz carrega um outro desafio: “Meu maior objetivo é lutar nas maiores organizações do planeta como UFC, Bellator e OneFc. Quero fazer história dentro do esporte e ser referência para minha família, amigos e para as gerações vindouras.

Até 21 de agosto, Junior Luiz vai continuar representando a Academia Gan em combates como: Jungle Fuht, Lux Combat, WGP Kickboxing, Strikersk1 , Kickboxing e Luta Internacional de Búzios. “Vou entrar no Shooto Brasil carregando a bandeira de Queimados, a minha cidade”, anuncia.

”Estou em busca do título. Não importa quantas disputas eu tenha que fazer. São quatro lutas dentro da organização, com três nocautes e um revés por pontos. Vou vencer. Estou em busca do Cinturão do Peso Leve”, assegura ele que enfrentará o goiano Erivaldo Pereira.

Portal C3 – Comunicação de interesse público – ComCausa

Emanoelle Cavalcanti

Jornalista social e acadêmica de psicologia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.