Núcleo de Atendimento às Vítimas de Intolerância Religiosa é inaugurado

O Núcleo de Atendimento às Vítimas de Intolerância Religiosa (Navir) iniciou suas atividades em Queimados, na Baixada Fluminense.

O Navir é um projeto da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, que tem como objetivo criar mais núcleos de atendimentos em sete regiões do Estado. O espaço contará com profissionais especializados para oferecer auxílio jurídico, psicológico e social, visando dar suporte e acolhimento para as vítimas de intolerância religiosa da região.

Entre 2012 e 2019, a Subsecretaria de Direitos Humanos atendeu na Baixada Fluminense, 136 casos, sendo 24,2% de todos os atendimentos. Os casos mencionados reforçam a desejos dos núcleos de atendimentos nesta região.

Também foi inaugurado o Núcleo de Atendimento às famílias de pessoas desaparecidas, que vai contar com apoio jurídico, social e psicológico para dar suporte aos familiares dos desaparecidos e de pessoas que necessitam de documentação básica, como certidão de nascimento, RG e carteira de trabalho.

O Subsecretário de Direitos Humanos, Thiago Miranda ressalta o quanto esses dois núcleos serão necessário. “A população da Baixada pede há muito tempo um núcleo de atendimento. Trabalhamos intensamente para trazer esse serviço para Queimados e estamos muito felizes com a inauguração deste equipamento”, disse.

A coordenadora do Núcleo de Desaparecidos, destaca a importância do atendimento na Baixada: “É o primeiro núcleo, e isso é um pedido dos familiares, que não tem um atendimento nesse nível e ficam desamparados”.

Emanoelle Cavalcanti

Jornalista social e acadêmica de psicologia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.