Programa de Artesanato incentiva o empreendedorismo em Nova iguaçu

Através da Fundação Educacional e Cultural de Nova Iguaçu, Erica de Melo Oliveira, de 41 anos, e Ingrid de Melo, de 30 anos, moradoras do bairro da Cerâmica, em Nova Iguaçu, receberam a carteirinha da FENIG, as irmãs se juntaram às mais de 1.600 artesãs do Programa Municipal de Artesanato da Prefeitura de Nova Iguaçu.

“Essa oportunidade que eu estou tendo com essa carteirinha da FENIG está sendo uma bênção e vai expandir o meu trabalho. Eu e minha irmã aproveitamos para crescer juntas. Essa é uma oportunidade de crescimento”, afirmou Erica, que fez curso de corte e costura no Patronato, e hoje é especializada em criar bolsas e outros acessórios.

No total, 401 novos profissionais do artesanato da Cidade foram cadastrados após o processo de inscrição e de avaliação realizado nos meses de janeiro e fevereiro deste ano. Agora 1.600 artesãs e artesãos, moradores de Nova Iguaçu, estão cadastrados no Programa que realiza feiras de artesanato na Praça Rui Barbosa, na Praça Antônia Flores, na Praça de Miguel Couto, na Praça de Comendador Soares e no Km 32, além de participarem do Espaço de Artesanato FENIG/Sebrae, no TopShopping e do Kiosque das Artes, em Morro Agudo.

A FENIG realiza o projeto Trilhas do Conhecimento, que leva os artesãos a importantes espaços do artesanato do Estado, como o Centro Sebrae de Referência do Artesanato Brasileiro e o Museu do Artesanato do Estado. Os profissionais cadastrados participam da Rio Artes Manuais, do Salão Estadual do Turismo e da Mega Artesanal, em São Paulo, a maior feira do setor na América Latina. Eles também têm descontos de até 30% em lojas parceiras, para a compra de materiais de trabalho.

Além disso, a Prefeitura de Nova Iguaçu, através da FENIG, organiza diversas turmas do curso de Marketing Digital específico para os profissionais do artesanato, na Casa da Inovação, numa ação da FENIG, em conjunto com a Secretaria Municipal de Assuntos Estratégicos, Ciência, Tecnologia e Inovação. Em 2019 duas turmas se formaram.

A Fundação realizou uma série de lives no Instagram @fenig.novaiguacu sobre empreendedorismo, negócios digitais e oficinas de artesanato. O Programa Municipal de Incentivo à Leitura e à Escrita, através do projeto “Livros para Voar”, outra ação importante da FENIG, também conta com a série de lives “Papo Literário” com escritores de Nova Iguaçu, convidados a falar sobre a vocação literária da Cidade.

Emanoelle Cavalcanti

Jornalista social e acadêmica de psicologia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.