Dia Nacional do Samba

O Brasil é conhecido internacionalmente pelo samba, um estilo musical e de dança típico do país. O Carnaval é a festividade onde o samba seria popularizado virando o ritmo oficial da festa. O Dia Nacional do Samba ou Dia do Samba é comemorado anualmente em 2 de dezembro. O samba é apreciado pelos brasileiros em todas as regiões do Brasil, porém, tradicionalmente, o ritmo se tornou “marca registrada” do Rio de Janeiro e da Bahia.

O Dia Nacional do Samba não é uma data comemorativa oficial e foi aprovado como lei estadual do Estado da Guanabara (atual município do Rio de Janeiro), através da Lei n° 554, de 27 julho de 1964. Na Bahia, também havia um projeto de lei, de 1963, que pretendia instituir o Dia do Samba. Já considerando a sua aprovação, o projeto declara que as comemorações da data nesse ano homenageariam Ary Barroso, compositor brasileiro, autor de “Aquarela do Brasil”, entre outras. É possivelmente por esse motivo que se passou a divulgar a ideia de que a data teria sido criada em homenagem ao sambista. Assim, embora o Dia Nacional do Samba não seja oficial, a sua comemoração é conhecida nacionalmente. Atualmente, existem variações do samba com outros estilos músicas. Entre eles, o que se destaca é o Samba Rock, o Samba enredo, o Samba pagode, o Samba carnavalesco, o Samba de gafieira, entre outros ritmos.

No Rio, a data é comemorada com o consagrado Pagode do Trem, ou Trem do Samba. Idealizado pelo cantor e compositor Marquinhos de Oswaldo Cruz, o Trem do Samba está completou vinte anos e promete novamente movimentar a Zona Norte do Rio. O Trem do Samba faz parte do calendário oficial da cidade e tem estado cada ano mais cheio. São mais de cinco mil foliões cantando nos 32 vagões rumo ao bairro de Oswaldo Cruz.

Considerado no mundo do samba um dos maiores sambistas de todos os tempos é o grande mestre Cartola, que tem composições como “As rosas não falam”, “O mundo é um moinho” e “Alvorada” que são regravadas e considerdas marcos da música popular brasileira (MPB), Neste dia Nacoional do Samba saudamos Cartola e todos quem amam o Samba.

Portal C3 | Comunicação de interesse público | ComCausa

João Oscar

João Oscar é militante da Pastoral da Juventude da Baixada e jornalista comunitário.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.